Home   |   Mapa do Site    |   Contato
Email dos Leitores
Dúvidas
Depoimentos
Dica da Semana
Galeria de Fotos
Alerta ao Comprador
Humor
Denúncias
Cadastre-se
Frase da Semana
Proverbios de Cavalos
Pensamentos
Conformacao
Condicion. Fisico
Marcha
Doma
Treinamento
Equitação
Embocaduras
Manejo de Cascos
Reprodução
Genética
Eventos do Marchador
ABCCMM
NUCLEOS
Haras em Destaque
Marchador Internacional
Links Interessantes
CURSOS ONLINE
PALESTRAS ONLINE
CLINICAS ONLINE
LIVROS EM CD
LIVROS IMPRESSOS
AUDIO-BOOKS
Quiz da Semana
Haras Boa Luz
Como Registrar
Frutas que Curam
Alerta
Preserve a Natureza
A Fotografia
Saude
Controle o Estresse
O Espelho de Gandhi
Calendario Lunar
Datas comemorativas
Previsao do Tempo

Clique para ampliar
Clicar para aumentar foto e ler legenda
Clicar para aumentar foto e ler legenda


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GENÉTICA

Seleção pela Genealogia-

A genética é o principal parâmetro que compõe o triple alicerce do programa de seleção. O novo criador deve escolher duas linhagens base para compor o plantel de matrizes, sendo que as caracteristicas morfo-funcionais das duas linhagens escolhidas devem ser uniformes ou, pelo menos, complementares. Acima de duas linhagens haverá um aumento considerável da variação na padronização das proles anuais, o que se chama de heterogeneidade na conformação e/ou marcha dos produtos anualmente nascidos.

A avaliação da genealogia baseia-se na análise detalhada do pedigree, o qual pode receber três classificações, de acordo com o mérito zootécnico: baixo, médio, superior.

O ideal é comprar matrizes com pedigree de mérito superior, definido como sendo aquele em que pelo menos três gerações - pais, avós, bisavós, são oficialmente registradas na ABCCMM, e em cada uma das gerações há animais de notoriedade nacional, seja pela conquista de campeonatos nacionais de raca e/ou marcha, ou pela produção de Campeões Nacinais de Raça e/ou Marcha.

A contribuição a partir da terceira geração ascendente é insignificante, exceto nos casos de pedigrees consanguineos. De cada um dos pais o filho (a) herda 50% da bagagem genética; de cada um dos avós, 25% e de cada um dos bisavós, 12,5%.

Uma avaliação mais complexa é da prepotência dos ancestrais mais notórios, ou seja, a capacidade de imprimirem seus valores zootécnicos na prole. A referência para ancestrais de prepotência genética é a conquista de campeonatos nacionais de progênie.

Uma última avaliação envolve os parentes colaterais, em especial os irmaos próprios e meio irmãos.

 

PARA TER ACESSO AS DICAS ANTERIORES CLIQUE AQUI

 

 

 

home |voltar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Itaporanga-SE
Francisco Garcez (Tito) -
(79) 9977 8000


Carvalhos-Sul de Minas
Prop. Fernando Pizza -
(35) 3345 1552

APRESENTAÇÃO      EDITORIAL      A RAÇA       ORIGEM      GENÉTICA      ANDAMENTO      CONFORMAÇÃO      REGISTRO      HINO
Copyright © 2008. RDA Tecnologia. Todos os Direitos Reservados.