Home   |   Mapa do Site    |   Contato
Email dos Leitores
Dúvidas
Depoimentos
Dica da Semana
Galeria de Fotos
Alerta ao Comprador
Humor
Denúncias
Cadastre-se
Frase da Semana
Proverbios de Cavalos
Pensamentos
Conformacao
Condicion. Fisico
Marcha
Doma
Treinamento
Equitação
Embocaduras
Manejo de Cascos
Reprodução
Genética
Eventos do Marchador
ABCCMM
NUCLEOS
Haras em Destaque
Marchador Internacional
Links Interessantes
CURSOS ONLINE
PALESTRAS ONLINE
CLINICAS ONLINE
LIVROS EM CD
LIVROS IMPRESSOS
AUDIO-BOOKS
Quiz da Semana
Haras Boa Luz
Como Registrar
Frutas que Curam
Alerta
Preserve a Natureza
A Fotografia
Saude
Controle o Estresse
O Espelho de Gandhi
Calendario Lunar
Datas comemorativas
Previsao do Tempo

Clique para ampliar
Clicar para aumentar foto e ler legenda
Clicar para aumentar foto e ler legenda


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A SELEÇÃO DE PELAGENS EXÓTICAS

Pelagem pampa

A pelagem pampa é facilmente fixada no plantel, porque é dominante sobre outras pelagens. Uma regra é que para nascer de pelagem pampa o potro (a) deve ter pelo menos um dos pais portador da pelagem pampa. Se o reprodutor for homozigoto dominante, 100% da prole nascerá de pelagem pampa. Se o reprodutor for heterozigoto, 50% da prole nascerá de pelagem pampa se acasalar égua de pelagem uniforme, e 75% nascerá de pelagem pampa se acasalar égua de pelagem pampa também heterozigota.

Algumas regras da estampa pampa:

- Não há dois produtos portadores da mesma estampa de pelagem pampa. A cada nascimento há uma expectativa quanto à estampa;

- Quando a area de cor branca for menor do que a de cor escura, entre pescoço e garupa, o nome da pelagem é invertido. Por exemplo, preta pampa;

- As particularidades de sinais brancos na cabeça e/ou membros não têm relação com a genética da pelagem pampa; 

- Os genes da pelagem pampa estarão presentes nos casos da cor branca incidir apenas na crina ou em pequena area entre o pescoço e a região superior do tronco;

- Ha casos de animais de genética pampa que apresentam somente a cauda total ou parcialmente de cor branca;

- Pintas e/ou manchas apenas no ventre e costados não caracterizam a genética da pelagem pampa. A pelagem pampa padrão é caracterizada pela malha branca distribuindo-se em ambos os lados, entre pescoço e garupa;

- Se a pinta, mancha, ou malha branca, está localizada apenas no ventre, e/ou costado a pelagem será classificada de bragada, podendo ser castanha, alazã, baia ou lobuna bragada, apresentando mecanismo genético recessivo;

- Se apenas as pontas dos pêlos são brancas, sem caracterizar malhas, a pelagem é chamada salpicada de branca, geralmente sobre fundo de pelagem castanha ou alazã, sendo uma variedade de grande incidência na raça Mangalarga.

- A variedade pampa de preta é a mais facil de ser fixada, pela dominância mais forte da pelagem preta sobre as demais pelagens uniformes;

- A variedade pampa de tordilha deve ser evitada, porque com o avanço da idade, por volta dos 10 anos, em media, as malhas de pelagem tordilha perdem o contraste.

- Não há comprovação cientifica de que quanto mais malhado por o garanhão, ou a égua, mais malhada será a prole.

- Não há comprovação científica de que as pintas escuras com bordas rosilhas caracterizam um animal homozigoto dominante;

Preta – Esta pelagem é a mais dominante dentre as pelagens uniformes, tendo duas variedades, denominadas de preta azeviche (ou preta verdadeira), e a preta mal tintga (preta falsa), comumente também chamada de preta macaca, por que apresenta tonalidade levemente amarelada, em especial no ventre e costados.

A fixação da pelagem preta no plantel será possivel através da eliminação de todos os descendentes de ancestrais de pelagem alazã. Se ambos os pais apresentarem os genes da pelagem alazã, esta pelagem será produzida com uma probabilidade de, aproximadamente, 25%, ou seja, um a cada quatro nascimentos.

Lobuna – Esta pelagem lembra a cor de rato ou de lobo, origem de seu nome, tendo sido prevalente nas antigas raças Sorraia e Garrana, que contribuiram na genetica das éguas nacionais introduzidas pelos colonizadores portugueses. Os criadores antigos da raça Campolina denominavam esta pelagem de baia chumbo ou baia nuvem. Na verdade, a literature internacional insere a pelagem lobuna no grupo das pelagens baias. A cor da cabeça geralmente é um pouco mais escura. Crina, cauda e membros são de cor preta. Lista de burro e zebruras são prevalentes. Lista de burro é o nome que se denomia a faixa de cor preta ao longo da região dorso-lombar e garupa. Zebrura são as rajas de cor preta na canela.

A pelagem lobuna é resultado da diluição dos genes da pelagem preta pelos genes da pelagem baia. A fixação desta pelagem não é facil, devido à manifestação frequente das pelagens preta e baia. Os selecionadores da pelagem preta podem utilizar éguas de pelagem lobuna. A probabilidade de nascimento de produto portador da pelagem preta será de aproximadamente 50%. 

Alazã amarilha – Esta é uma das inumeras variedades da pelagem alazã. A cor é amarelada, sendo crina e cauda da mesma cor do corpo. A seleção fixação da pelagem alazã amarilha não é 100%  pois os acasalamentos sucessivos entre pais portadores desta pelagem resultam em diversas variedades da pelagem alazã, além da probabilidade de mais ou menos 25% para produção da pelagem albina, que é indesejavel, devido à despigmentação da pele e olhos. Como a pelagem alazã é recessiva, o acasalamento entre pais de pelagem alazã resultará em prole 100% de pelagem alazã, mas variando a variedade da pelagem alazã.

Palomina – Esta é uma pelagem muito valorizada, diferenciando-se da alazã amarilha pela tonalidade amarela escura, mais proximo da dourada, com crinas e cauda da mesma cor do corpo ou ligeiramente mais claras.

Alazã crinalva – Esta variedade é caracterizada pela pelagem alazã escura – cereja, tostada, dentre outras, do corpo, com crina e cauda de tonalidade amarela clara, o que determina a denominação crinalva. A pelagem alazã crinalva será facilmente produzida atraves do acasalamento entre pais de pelagens alazã padrão – cereja e tostada, e alazã amarilha ou Palomina

 

 

home |voltar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Itaporanga-SE
Francisco Garcez (Tito) -
(79) 9977 8000


Carvalhos-Sul de Minas
Prop. Fernando Pizza -
(35) 3345 1552

APRESENTAÇÃO      EDITORIAL      A RAÇA       ORIGEM      GENÉTICA      ANDAMENTO      CONFORMAÇÃO      REGISTRO      HINO
Copyright © 2008. RDA Tecnologia. Todos os Direitos Reservados.