Home   |   Mapa do Site    |   Contato
Email dos Leitores
Dúvidas
Depoimentos
Dica da Semana
Galeria de Fotos
Alerta ao Comprador
Humor
Denúncias
Cadastre-se
Frase da Semana
Proverbios de Cavalos
Pensamentos
Conformacao
Condicion. Fisico
Marcha
Doma
Treinamento
Equitação
Embocaduras
Manejo de Cascos
Reprodução
Genética
Canal Marcha picada
ABCCMM
NUCLEOS
Haras em Destaque
Marchador Internacional
Links Interessantes
CURSOS ONLINE
PALESTRAS ONLINE
LIVROS EM CD
LIVROS IMPRESSOS
AUDIO-BOOKS
Loja Virtual Do Cavalo M
M. Picada no Mundo
Como Registrar
Frutas que Curam
Alerta
Preserve a Natureza
A Fotografia
Saude
Controle o Estresse
O Espelho de Gandhi
Calendario Lunar
Datas comemorativas
Previsao do Tempo

Clique para ampliar
Clicar para aumentar foto e ler legenda
Clicar para aumentar foto e ler legenda


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARÂMETROS DAS MARCHAS PICADAS E DE CENTRO DE ALTA QUALIDADE
A. P. Toledo – engenheiro, coordenador do Analoc-E e pesquisador da biomecânica da locomoção dos eqüídeos.
toledo@toledohorse.com.br

Com a volta dos concursos de marcha picada e de centro, nas principais exposições de marchadores no Brasil, vale aqui a pergunta: Você sabe o que é uma marcha picada e de centro de boa qualidade?
Nos concursos ouvimos os comentários dos juízes, comparando os concorrentes e, os termos mais falados são: animal bem apoiado e diagramado (?).

Fig. 1 – Animal de marcha picada de excelente qualidade, cruza American Saddle horse- Misouri e analisado, na Alemanha, pelo Analoc-E.

A Fig. 2 apresenta o verdadeiro “diagrama de marcha” baseado em 23 parâmetros da locomoção.
       
               Clique na imagem para ampliar          

Fig. 2 – Diagrama de marcha lateral ou picada de alta qualidade.

COMENTÁRIOS:
1 – Vamos entender, de fato, o que seria um animal bem apoiado durante a sua passada. O parâmetro “Diapasão” que mostra a relação entre o tempo apoiado e o tempo em vôo dos quatro cascos é superior a 1,51 o maior encontrado até agora, em mais de 1500 análises.
2 – O apoio triplo total (anteriores e posteriores) é superior a 40%. A passada mostra 2 triplos com anteriores (17,3%) e 2 triplos com os posteriores (23,1%).
3 – Os apoios laterais de 36,1% e os apoios diagonais de 23,1% garantem a marcha picada com um Coeficiente de Lateralidade – CL = 1,56.
4 – A dissociação equivalente (defasagem) em cada apoio diagonal mostra uma assimetria quase perfeita de 1,0% (animal equilibrado).
5 – A velocidade foi de 10,55 k/h e o rendimento da marcha foi de 1,76m, com um tempo de passada de 600,57 ms (milisegundos).
6 – O tempo médio de apoio de cada casco é de 60,2% ou 361,54 ms.
7 – A qualidade da marcha é medida pelo parâmetro Handicap = 10,31 (excelente). Este seria um animal “bem apoiado e bem diagramado”.

Outro bom animal de marcha intermediária (de centro) está na Fig. 3.

Fig. 3 – Animal Mangalarga Marchador em marcha de centro. Observamos que o anterior direito vai para o apoio e o posterior diagonal esquerdo está no auge da elevação (vôo), devido à dissociação típica da marcha de qualidade.

A Fig. 4 mostra o “Diagrama de Marcha” de boa qualidade do referido animal.

COMENTÁRIOS:
1 – O “Diapasão” de 1,26 mostra que o tempo de apoio é 26% maior do que o tempo de vôo, durante a passada.
2 – Os cascos têm um apoio médio de 55,75 %, equivalente a 355,27 ms.
3 – O apoio triplo total é de 23,1% da passada.
3 – O equilíbrio entre apoios diagonais e laterais garantem um Coeficiente CL = 0,905.
4 – A velocidade de 11,01k/h e o rendimento de 1,77 m produzem uma passada de 583,44ms de duração.
5 – A dissociação equivalente (defasagem) em cada apoio diagonal mostra uma assimetria quase perfeita de 1,0% (animal equilibrado).
6 – A qualidade da marcha é resumida pelo parâmetro Handicap de 8,2 mostra um animal “bem apoiado e bem diagramado”..

Clique na imagem para ampliar

Fig. 4 – Diagrama de marcha de centro de animal Mangalarga Marchador.

A Fig. 5 mostra os parâmetros da marcha de 6 animais de raças diferentes, com qualidade superior de marchas picada, marcha picada alongada e de centro.

Clique na imagem para ampliar

Ref: Analoc-E – Alemanha

Fig. 5 – Parâmetros biomecânicos de marchas picada e de centro.

CONCLUSÕES:
Analisando os valores médios dos parâmetros de marcha da Fig. 5 constatamos que:
1 – Diapasão (apoio/suspensão) = 1,49, que poderíamos chamar de animais “bem apoiados”;
2 – Apoio triplo = 38,13%;
3 – CL variando entre 0,9 e 2 – media de 1,53 – “marchas equilibradas”.
4 – Rendimento da passada = 1,63m;
5 – Velocidade = 10,14k/h;
6 – Dissociação = 26,42% (153,06 ms) (*) ;
7 – Handicap = 7,44 - os 3 primeiros animais da planilha podem ser chamados de “bem apoiados, bem diagramados”;
8 – Freqüência (passos/min) = 103,62;
9 – Duração da passada = 579,35 ms.
(*) (ms) milisegundos.
10 – Estes são os parâmetros que deveriam ser avaliados pelos criadores e mais estudados pelos técnicos; “bem apoiados” e “diagramados” com o auxílio da tecnologia moderna.
Alguns estudos em criatórios nacionais poderão, em breve, constatar os parâmetros típicos da marcha de animais considerados bem apoiados, bem diagramados e superiores nos julgamentos das nossas exposições.

 

 

home |voltar




Itaporanga-SE
Francisco Garcez (Tito) -
(79) 9977 8000


Carvalhos-Sul de Minas
Prop. Fernando Pizza -
(35) 3345 1552

APRESENTAÇÃO      EDITORIAL      A RAÇA       ORIGEM      GENÉTICA      ANDAMENTO      CONFORMAÇÃO      REGISTRO      HINO
Copyright © 2008. RDA Tecnologia. Todos os Direitos Reservados.